Muito mais que um evento religioso






A Câmara de deputados da Argentina  por meio do parlamentar Claudio Romero reconheceu o Congresso Internacional das Testemunhas de Jeová realizado em dezembro de 2019 no país como um evento de interesse social, cultural e religioso. 

No dia 12 de dezembro de 2019, durante uma coletiva para a imprensa realizada pelas Testemunhas de Jeová para explicar sobre a realização do Congresso Internacional na Argentina, o deputado Claudio Romero compareceu ao evento e entregou um certificado de reconhecimento para a organização religiosa. 




O deputado Claudio Romero (esquerda) entrega um certificado para o
representante das Testemunhas de Jeová na Argentina  




Fontes da informação: stadtlandzeitung.com/zeugen-jehovas-das-stadtparlament-von-buenos-aires-verleiht-auszeichnung-fuer-in-ternationalen-kongress-2019-buenos-aires/

jw.org/es/noticias/testigos-de-jehova/region/argentina/Se-reconoce-el-valor-cultural-de-la-asamblea-internacional-del-2019-de-Buenos-Aires/

diariolujan.com.ar/buenos-aires-esta-siendo-sede-de-uno-de-los-congresos-mundiales-de-los-testigos-de-jehova/

Comentários

  1. Se esse deputado soubesse o que as testemunhas de Jeová aprendem sobre o que Jeová fará com governos como o da Argentina, teria outra atitude com respeito a esse congresso.
    Além do mais, o próprio Jeová proíbe veementemente esse tipo de parceria entre sua nação e nações inimigas. Reis foram severamente punidos na história bíblica exatamente por causa de coisas desse tipo.

    ResponderExcluir
  2. Agora estão sempre envolvidas com o Governo. Cada dia mais envolvidos com o mundo q eles vivem falando mal.

    ResponderExcluir
  3. A hipocrisia é clara, só não enxerga quem não quer.

    ResponderExcluir
  4. "Congresso como evento de interesse "cultural"". Uau!!! Rolou cântico do Reino no ritmo do "tango"? Sente só, no ritmo de La Cumparsita!!!
    "O amor não acaba, nunca acaba!
    O amor não acaba, nunca acaba!
    O amor não acaba, nunca acaba!
    Que pena acabou!"

    Aqui no Brasil teve cântico na batucada, Samba Esquindô Lelê, em SReino e SAssembl.

    ResponderExcluir
  5. Eles estão cada vez mais fazendo parte do mundo,os conceitos deles já cairam por terra então a saída é aderir -se ao mundo por uma questão de sobrevivêcia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Evidentemente eles passam a impressão de existir uma 'benção' de Jeová aí de acordo com o site deles,mas na realidade estão flertando com a política parar alcançar seus objetivos ambicíosos.

      Excluir
  6. Evidentemente eles darão a impressão que existe ai uma benção de jeová de acordo com o site deles, mas na realidade estão flertando com a política para se tornarem cada vez mais simpáticos ao sistema de coisas ,sendo isto totalmente comtrário ao que eles mesmo pregam.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A primeira regra da organização diz: o corpo governante não está sujeito às mesmas regras das tristesmúmias de Jeová.
      Um exemplo clássico é uma TJ não poder prestar serviço profissional em um templo religioso, enquanto os seus líderes podem vender salões do reino a entidades que o transformarão em templos religiosos.
      O corpo governante está fazendo com a organização o mesmo que os fariseus fizeram com o judaísmo.

      Excluir
  7. As tjs sempre vao dozir aos governantes que os apoiam mas nas costas falam mal e impede os outros de votarem em candidatos mas dizem qualquer coisa pra receber os beneficios do governo.

    ResponderExcluir

Postar um comentário