Pular para o conteúdo principal

Letreiro que virou símbolo das Testemunhas de Jeová nos Estados Unidos era ilegal








Por mais de 40 anos, dia e noite, os moradores da cidade de Nova York se acostumaram a ver as enormes letras vermelhas, de quase 5 metros de altura, no alto da sede mundial das Testemunhas de Jeová, e muitos até hoje se orientam por esse letreiro para saber a hora e a temperatura.
Eboni, que pode ver o letreiro de seu apartamento em Brooklyn, disse: “É bom olhar pela janela e ver a hora e a temperatura antes de ir para o trabalho. Assim não me atraso e me visto de acordo com o tempo lá fora.
Será que daqui a mais 40 anos o letreiro ainda estará lá? Provavelmente não. Com a futura mudança da sede mundial das Testemunhas de Jeová para o norte do Estado de Nova York, essa decisão caberá aos novos proprietários do prédio.
O letreiro original foi colocado pelo dono anterior mais de 70 anos atrás. As Testemunhas de Jeová o trocaram pelo atual depois de comprar o prédio em 1969.
O letreiro precisa de constante manutenção. Várias gerações de jovens têm trabalhado nele, realizando os reparos necessários em qualquer hora do dia.
Um trabalhador noturno relembra: “Certa noite, nós recebemos um telefonema de um diretor de telejornal. Ele estava ligando para nos dizer que o relógio em nosso letreiro estava 15 segundos atrasado. Ele queria que nós o ajustássemos para que pudesse mostrá-lo em seu programa naquela noite. Logo depois, um técnico, sonolento, corrigiu o problema.
Para torná-lo mais eficiente e exato, o letreiro foi modificado algumas vezes. Em meados da década de 80, um mostrador de temperatura em graus Celsius foi adicionado ao que já alternava entre as horas e a temperatura em graus Fahrenheit.
Antes, o letreiro era iluminado por tubos de neon, mas em 2009 eles foram substituídos por diodos emissores de luz (LEDs) vermelhos, que são mais eficientes, confiáveis e geraram uma economia de 4 mil dólares por ano com manutenção. Hoje em dia, o letreiro consome bem menos eletricidade do que antes.

O texto reproduzido acima  foi retirado do site oficial das Testemunhas de Jeová é foi a última informação divulgada pela organização religiosa sobre seu famoso letreiro colocado em sua antiga sede localizada em Brooklyn nos Estados Unidos . Segundo o texto com a mudança de sua sede para Warwick , a organização religiosa numa forma de profecia declara que no futuro o letreiro famoso provavelmente não estaria mais visível aos olhos das pessoas .  Segundo o texto essa responsabilidade seria dos novos donos dos edifícios de sua antiga sede .
 Ao escrever texto inicial acima parece que os redatores do site oficial das Testemunhas de Jeová tinha conhecimento da situação do letreiro localizado na antiga sede da organização religiosa , que no futuro talvez ele não seria mais visualizados pelas pessoas . 
Segundo informações divulgadas por um site nos Estados Unidos , o letreiro símbolo da organização religiosa das Testemunhas de Jeová era ilegal .  
A ilegalidade foi divulgada depois que os novos proprietários dos prédios da antiga sede das Testemunhas de Jeová procuraram as autoridades locais para pedirem autorização para usar a logomarca do nome que o complexo de Betel recebeu após organização religiosa deixar o local . 
Os proprietários tiveram o pedido negado pelas autoridades locais , pois o letreiro colocado pelas Testemunhas de Jeová no topo de um de seus antigos edifícios que funcionavam com sede era  ilegal já quase  meio século . 
Os novos proprietários dos edifícios que pertenceu a organização religiosa das Testemunhas de Jeová informaram que vão recorrer da decisão das autoridades locais . 

Fonte das informações : www.brooklyneagle.com/articles/2018/8/8/watchtower-sign-was-illegal-buildings-department-says

https://www.jw.org/pt/testemunhas-de-jeova/atividades/betel/letreiro-que-vai-deixar-saudades/





Tradução da nóticia realizada pelo Google sem alterações no texto pelo blog Testemunhas de Jeová Em Foco . 





Sinal da Torre de Vigia era ilegal, diz o Departamento de Edifícios




Luta legal começa sobre o antigo sinal do Brooklyn Heights HQ das Testemunhas de Jeová

Águia do Brooklyn Daily

O famoso signo da Sentinela era ilegal por toda a sua existência de meio século.
O sinal do Squibb que originalmente estava em seu lugar também era ilegal.
Essa é a assombrosa afirmação do Departamento de Edifícios da cidade - e seu raciocínio por que negou ao proprietário da ex-sede das Testemunhas de Jeová em Brooklyn Heights permissão para substituir o cartaz da Watchtower no topo da 30 Columbia Heights.
O proprietário da propriedade, a Columbia Heights Associates, está apelando para a decisão da agência da cidade.

Os advogados do senhorio e do Departamento de Edifícios fizeram uma audiência na Câmara de Padrões e Recursos da cidade na terça-feira à noite no Spector Hall, em Lower Manhattan.
Como conseqüência dessa batalha legal, o vazio no cenário da costa do Brooklyn que foi criado pela remoção da placa da Watchtower permanecerá por pelo menos mais três meses. A próxima audiência do Conselho de Normas e Apelações a respeito deste assunto não ocorrerá até o dia 23 de outubro.


"Presença icônica no horizonte do Brooklyn"  
O sinal elétrico vermelho da Torre de Vigia tinha sido “uma presença icônica no horizonte do Brooklyn”, disse o advogado David Karnovsky da Fried, Frank, Harris, Shriver & Jacobson LLP durante seu depoimento em nome da Columbia Heights Associates.
Os trabalhadores removeram as icônicas cartas de 15 pés do icônico selo da Torre de Vigia em dezembro e deixaram uma placa elétrica piscando que mostra a hora e a temperatura.
O sinal da Torre de Vigia era visível do Brooklyn Bridge Park, da Brooklyn Bridge e de Lower Manhattan.
As Testemunhas de Jeová o instalaram em 1970, o ano depois de comprar 25-30 Columbia Heights da ER Squibb & Sons.
O sinal da Watchtower substituiu um sinal da Squibb que a companhia farmacêutica instalara em 1961.

Squibb conseguiu uma permissão para instalar seu sinal?


O principal argumento de Timothy McKernan, o conselheiro geral do Departamento de Edificações, é que não há provas de que a Squibb tenha obtido uma permissão para instalar seu letreiro na cobertura.
Para combater esse argumento, Karnovsky declarou que a agência reconhece que a disponibilidade de registros antigos do Departamento de Edifícios é limitada.
No entanto, sua equipe conseguiu encontrar um livro-caixa do Departamento de Edifícios de 1961 com uma anotação sobre um pedido para colocar uma placa do telhado no topo de 30 Columbia Heights. O custo estimado de erguer o sinal foi de US $ 20.000.
A assinatura de aprovação de um funcionário do Departamento de Edifícios aparece na notação do razão.
A equipe de Karnovsky também encontrou outra documentação sugerindo que a Squibb conseguiu uma permissão para a construção de placas.
Sobre a situação atual com o signo icônico da Torre de Vigia, McKernan disse em seu depoimento que colocar novas placas-sinal no quadro que foi deixado no topo da 30 Columbia Heights constituiria uma alteração estrutural - e isso não é permissível, ele afirmou.
Karnovsky respondeu que o estudo de um engenheiro determinou que a estrutura é “uma estrutura completa e viável” e que as letras de sinais não são elementos estruturais.

Testemunhas de Jeová se mudaram para o norte depois da venda da sede
A Columbia Heights Associates comprou o complexo de cinco prédios da Watchtower por US $ 340 milhões em 2016.
As Testemunhas de Jeová venderam 25-30 Columbia Heights porque mudaram sua sede mundial para o norte de Warwick, Nova York.
A Columbia Heights Associates está reconstruindo a propriedade, que fica do outro lado da rua do Brooklyn Bridge Park, em um complexo comercial e de escritórios chamado Panorama.
A Columbia Heights Associates é uma joint venture formada pelo CIM Group e pela LIVWRK Holdings. A Kushner Cos. Inicialmente fez parte da joint venture, mas vendeu sua participação na propriedade para o Grupo CIM este ano.
Jared Kushner dirigiu-se a Kushner Cos. Até que ele se afastou para servir como conselheiro sênior de seu sogro, o presidente Donald Trump.


Comentários

  1. Respostas
    1. Melissa... O arroz vai esfriar e a novela ta acabando..

      Excluir
  2. Boa tarde na graça e na paz em Cristo! (Esse cumprimento é lindo, não é mesmo?



    Melhorando o estudo pessoal
    8 Por muitos anos a Sociedade Torre de Vigia tem instado a que se leia a Bíblia bem como a que ela seja estudada por assuntos. ...

    Em sua fábrica em Brooklyn, Nova Iorque, há um grande letreiro que diz: ‘‘Leia Diariamente a Bíblia, a Palavra de Deus.”
    w64 1/3 pp. 142-147 - A Sentinela — 1964

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "Aos irmãos em Cristo: graça e paz da parte de nosso Deus (Jeová) e Pai"

      Este é o modo mais correto de se cumprimentar aos que compartilham da nossa fé. Assim como o apóstolo Paulo fazia em suas Cartas (epístolas) às congregações. Servimos à Jeová por meio de Filho Amado!
      Mas toda honra e toda a glória seja dada ao Nosso Deus e Pai Jeová, o Alfa e o Ômega, Aquele que é, que era e que será para todo o sempre, amém! O Princípio o meio e o Fim!!!!!

      Excluir
    2. Pois toda a Paz e toda Benignidade Imerecida (Graça) vem de Deus o Pai Jeová por meio de Seu Filho Cristo Jesus!!!
      "Porque Deus (O Pai) amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho Unigênito para que todo aquele que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna!!!!! Glória à Jeová mas Alturas...

      Excluir
    3. Só uma correção amigo:
      O texto bíblico diz "Aquele que era, que é e que vem..." Apoc 1:8 TNM. Jeová virá.

      Excluir
    4. Obrigado anônimo em questão; eu desconfiado que estivesse errado mesmo, rsrsrsrsrs! Valeu!!!!!!

      Excluir
  3. "No entanto, sua equipe conseguiu encontrar um livro-caixa do Departamento de Edifícios de 1961 com uma anotação sobre um pedido para colocar uma placa do telhado no topo de 30 Columbia Heights. O custo estimado de erguer o sinal foi de US $ 20.000.
    A assinatura de aprovação de um funcionário do Departamento de Edifícios aparece na notação do razão.
    A equipe de Karnovsky também encontrou outra documentação sugerindo que a Squibb conseguiu uma permissão para a construção de placas."

    Olha a tradução do título original:
    "Sinal da Torre de Vigia era ilegal, diz o Departamento de Edifícios"

    Agora é só comparar com o titulo que o galo doido escolheu e tirar suas próprias conclusões...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que doideira esse negócio de placa Ilegal. Será que esse foi um dos motivos da mudança da sede mundial?

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Número de bruxas nos Estados Unidos já é maior do que de Testemunhas de Jeová

Reunião Anual do Corpo Governante em 2018 identifica a Rússia como sendo o rei do norte

Atividades das Testemunhas de Jeová são proibidas em mais uma comunidade internacional