Drama no Reino . Mulher relata que foi escrava sexual de uma Testemunha de Jeová






Romy Maple de 47 anos de idade  , uma ex Testemunha de Jeová residente na cidade de Fortuna no estado da Califórnia , EUA , em entrevista para um jornal local declarou que foi usada como escrava sexual por um  membro de sua antiga comunidade religiosa . Segundo Romy Maple  , sua escravização sexual começou quando tinha a idade de quatro de anos e durou por muito
 tempo  .  

Romy Maple , também mencionou em sua entrevista , que seu agressor a fazia usar drogas e para evitar que ninguém ficasse sabendo sobre os abusos , ele fazia ameaças de morte . 

Quando tinha onze anos de idade , Romy Maple descobriu que sua prima  também estava sendo abusada sexualmente pela mesma Testemunha de Jeová . Elas criaram coragem é decidiram relatar os abusos sexuais sofridos para os anciãos congregacionais , mas eles acusaram as duas de serem mentirosas . Desde então , ela tem lutado para fazer justiça . 
Após deixar a comunidade religiosa , ela decidiu criar uma fundação que tem o objetivo de prestar ajuda para pessoas que também foram vítimas de predadores sexuais nas congregações das Testemunhas de Jeová e também denunciar as politicas administrativas da comunidade religiosa ao lidar com o abuso sexual infantil . 

O jornal que fez a entrevista com Romy Maple tentou entrar em contato com a Sede Mundial das Testemunhas de Jeová nos Estados Unidos , mas não obteve retorno de seus 
representantes . 





Fonte das informações : www.times-standard.com/general-news/20180531/fortuna-woman-ex-jehovahs-witness-shares-story-of-sexual-abuse

Comentários

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Vazamento de carta indica que Testemunhas de Jeová lançarão um novo livro em outubro

Testemunha de Jeová vira herói do Grêmio na Taça Libertadores da América

Testemunhas de Jeová são acusadas de incentivar mulheres a suportar violência