Testemunhas de Jeová são acusadas de desassociar idosa autista e menina de 12 anos no Reino Unido


Segundo reportagem publicada nesse sábado pelo site do jornal londrino  Hull Daily Mail a organização religiosa das Testemunhas de Jeová excluíram de suas fileiras uma idosa autista e uma menina com 12 anos de anos de idade . A idosa acusa a organização religiosa de cometer arbitrariedade no seu processo de exclusão das suas fileiras . 

A idosa identificada como Adrienne Van Den Tooren ( foto abaixo )  relatou para a reportagem do Hull Daily Mail que sua desassociação foi motivada por ela não concordar com as políticas da organização religiosa de desassociar pessoas  . Por não concordar com essas políticas , a idosa foi acusada pelos anciãos congregacionais de cometer apostasia  . 

Segundo a idosa os anciãos congregacionais  formaram uma espécie de tribunal judicativo  para julgá-la e por ser idosa e autista se recusou a comparecer sem um acompanhante . Os anciãos se negaram a atender esse pedido e a excluíram da comunidade religiosa após 30 anos como sendo uma Testemunha de Jeová  . 

A idosa acusa as Testemunhas de Jeová de cometerem arbitrariedades após sua exclusão e como forma de manifesto decidiu se juntar a um grupo de pessoas que foram para a entrada de um Salão do Reino reclamar contra essas arbitrariedades . 

Segundo a idosa a organização religiosa das Testemunhas de Jeová tem acusado aquelas pessoas que deixam suas fileiras e falam mal de suas doutrinas e políticas administrativas de serem doentes mentais . A maioria deles são rotulados de serem apostatas . 

O grupo que se manifestou em frente ao Salão do Reino junto com a idosa acusou as Testemunhas de Jeová de excluírem socialmente ex membros . Segundo o grupo aqueles que deixam as fileiras das Testemunhas de Jeová são evitados por parentes que permaneceram na comunidade religiosa e por seus antigos amigos . 

O grupo de manifestantes ao lado da idosa excluída  declarou também para a reportagem que nos últimos meses aumentou o número de pessoas que estão sendo desassociadas e entre esses estão um grande número de idosos que precisam de amparo . 

O grupo também acusou as Testemunhas de Jeová de desassociar uma menina de 12 anos de idade .  
As Testemunha de Jeová negaram a acusação do grupo . Um ancião ouvido pela reportagem declarou que as Testemunhas de Jeová nunca fariam isso com uma criança . 

Fonte das informações : https://www.hulldailymail.co.uk/news/hull-east-yorkshire-news/hull-woman-thrown-out-jehovahs-1606463




Tradução da reportagem realizada pelo Google . 


Mulher de casco expulsa das Testemunhas de Jeová - e agora a família e os amigos não podem falar com ela



Casco Daily Mail, sábado, 26 de maio de 2018
Uma Testemunha de Jeová que se manifestou contra uma prática que deixa as pessoas isoladas caiu em conflito com os Anciões do Casco.
Adrienne Van Den Tooren, do oeste de Hull, esperava ser expulsa da organização depois de falar sobre a prática de ser "desassociada" e "evitada".
Ela estava entre um grupo de ex-membros em Hull que levantou a tampa sobre suas experiências dentro da organização e a dor de ser mandada embora.
Eles descreveram como eles foram isolados de seus entes queridos com pais e irmãos, nem mesmo falando com eles simplesmente porque questionaram elementos da doutrina pregada pelo grupo religioso.
Aqueles dentro do grupo podem ser desassociados, o que é uma forma de ex-comunicação e eles dizem que são "evitados".
A Sra. Van Den Tooren disse: “Eu fui desassociado em 16 de maio, não tendo tido companheirismo por um ano, presumivelmente com base em falar contra a desassociação e evitação.
A Sra. Van Den Tooren foi convocada para uma comissão judicial, mas ela recusou-se a ir sem uma escolta.
Ela disse: “Eu disse que precisaria de uma escolta porque sou idoso e autista, mas me disseram que não era permitido.
"Eles foram em frente para anunciar a desassociação na minha ausência."
Ela agora é rotulada de apóstata - alguém que ele denunciou sua fé cristã - mas a Sra. Van Den Tooren rejeita fortemente isso.
Ex-membros dizem que a prática de evasão foi reforçada e afirmam que um número significativo de pessoas foi desassociado nos últimos meses, incluindo vários idosos vulneráveis.
O ex-membro das Testemunhas Steven - e não seu nome verdadeiro - disse: "Houve um número de pessoas ex-comunicadas recentemente em Hull e isso inclui vários OAPs cujos filhos e netos não podem mais falar com eles, deixando-os vulneráveis ​​e isolados."
Steven agora alerta ativamente as pessoas contra a adesão às Testemunhas de Jeová e lançou uma campanha para folhetos.
Um ancião disse que não vai adicionar combustível ao fogo ao entrar em um debate em público.
Mas ele disse: “A Sra. Van Den Tooren fez sua escolha e ela pode fazer o que quiser”.
Mas ele queria esclarecer uma questão depois que ex-membros disseram ao Mail que uma menina de 12 anos havia sido desassociada.
Ele disse: “A ideia de desassociarmos uma menina de 12 anos é ridícula. Nós nunca desassociaríamos uma criança ”.



Comentários

  1. Nem os autistas escapam, tadinhos... o porco desgovernante não tem mesmo piedade com ninguém mesmo, poxa! Mais vale eles catarem piolhinho do que fazer isso! Affs!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Pedofilia leva polícia a invandir sede das Testemunhas de Jeová na Holanda

Incêndio destrói Salão do Reino das Testemunhas de Jeová nos Estados Unidos

Testemunhas de Jeová estão sendo processadas na Suécia por exibirem vídeos inapropriados para menores