Festa no inferno . Testemunhas de Jeová comemoram decisão da Corte de Justiça do Canadá em seu favor


Festa e alívio no inferno !  Em clima de festa a organização religiosa das Testemunhas de Jeová  comemorou nessa quinta-feira dia 31 de maio a decisão da Suprema Corte de Justiça do Canadá  que decidiu que tribunais de justiça não devem interferir em decisões de grupos  religiosos . 

Conforme publicado pelo blog Testemunha de Jeová Em Foco nessa última quinta-feira , dia 31 de maio , no ano 2014 um cidadão do Canadá identificado como Randy Wall foi desassociado da comunidade religiosa das Testemunhas de Jeová . Se sentindo prejudicado pelos resultados de sua  desassociação , Randy Wall entrou com uma ação judicial contra sua ex comunidade religiosa que acabou chegando a Suprema Corte de Justiça do país . 

A ação movida por Randy Wall trouxe preocupação para a direção das Testemunhas de Jeová em sua Sede Mundial localizada nos Estados Unidos . 
Informações de bastidores informaram que a ação judicial movida por Randy Wall era um dos assuntos mais importantes que a direção das Testemunhas de Jeová tinha para resolver durante o ano de 2018 . 
Se a Corte de Justiça do Canadá decidisse a favor de Randy Wall , a decisão causaria grandes dificuldades para a comunidade religiosa em todo o mundo , pois abriria precedentes para pessoas que foram desassociadas e se sentiram prejudicadas entrassem na justiça contra a organização religiosa . 

Conforme noticiado meses antes pelo blog Testemunhas de Jeová Em Foco que a ação judicial movida por Randy Wall contra a organização religiosa causava preocupação na sua direção e comprovada pela informação postada em site oficial . 
Horas depois da decisão da Suprema Corte de Justiça decidir que tribunais de justiça não podem interferir em decisões de grupos religiosos , em forma de urgência o site JW.ORG noticiou a decisão conforme se pode ver abaixo . 



BREAKING News  | Suprema Corte do Canadá decide a favor das Testemunhas de Jeová
Em decisão unânime divulgada em 31 de maio de 2018, a Suprema Corte do Canadá reconheceu que o acordo de desassociação deve permanecer livre de intervenção judicial. Alegramo-nos nessa justificação dos padrões justos de Jeová. - Isaías 33:22.

https://www.jw.org/pt/noticias/jw-noticias/#newsAlerts

https://www.jw.org/en/news/jw/


Conforme se pode ver a notícia foi postada poucas horas após a decisão da Corte de Justiça do Canadá indicando que a ação movida por Randy Wall era tão preocupante para a organização religiosa como que aconteceu na Rússia em abril de 2017 . 

Comentários

  1. Jamais eu procesaria a torre por me desassociar .ELA ME FEZ UM GRANDE FAVOR

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

O Rolex de Stephen Lett

A burrice da pregação das Testemunhas de Jeová

São Paulo sediará Congresso internacional das Testemunhas de Jeová em 2019