Decisão histórica de tribunal de justiça na Austrália pode levar líderes das Testemunhas de Jeová a prisão




Uma decisão histórica da justiça da Austrália pode deixar os líderes das Testemunhas de Jeová mais perto da prisão no país .


Um  tribunal de justiça de justiça de Nova Gales do Sul considerou culpado o Arcebispo de Adelaide Philip Wilson por ter escondido das autoridades abusos sexuais contra crianças . Sua condenação final acontecerá no próximo dia 19 de junho . O Arcebispo pode pegar até dois anos de prisão . Segundo a imprensa australiana a decisão judicial foi histórica , conforme se pode ler no texto abaixo publicado no site ABC NEWS  . 






O mais antigo católico a ser acusado de esconder abuso sexual infantil - o arcebispo de Adelaide, Philip Wilson - foi considerado culpado por um tribunal de Nova Gales do Sul, em uma sentença histórica


Durante o julgamento, o arcebispo disse que ninguém jamais se apresentou para falar sobre denúncias de abuso sexual infantil durante seus 40 anos como clérigo.


No entanto, o magistrado Robert Stone deixou essa afirmação de lado em uma decisão que poderia ter ramificações nos tribunais de todo o país.
Falando fora do tribunal, o sobrevivente de abuso Peter Gogarty disse que o veredicto foi "um dos dias mais significativos em direito penal na história da Austrália .


"Acho que isso agora abrirá as portas para outras jurisdições começarem a tentar processar as pessoas que deliberadamente cuidaram de sua instituição e, literalmente, jogaram crianças aos lobos", disse Gogarty .


"Em nome de todas as vítimas - que foram abusadas neste país e em outros lugares - eu só quero dizer que é um enorme alívio que as pessoas que deixam isso acontecer sejam finalmente levadas em conta."


Segundo a imprensa australiana o Arcebispo de Adelaide não denunciou os abusos sexuais contra crianças que era de seu conhecimento para assim  proteger a reputação da igreja católica . 

A decisão da da justiça de Nova Gales do Sul deixa o caminho aberto para outros tribunais de justiça condenarem outros líderes religiosos que ocultaram abusos sexuais contra crianças em suas comunidades religiosas .

Segundo investigações das autoridades australianas nas últimas décadas as Testemunhas de Jeová deixaram de denunciar mais de 1000 agressores sexuais de crianças .   Muitos desses agressores eram anciãos e servos ministeriais . 

Segundo informações das autoridades australianas as politicas das Testemunhas de Jeová para lidarem com abusos sexuais de crianças em suas congregações ajudaram a proteger os agressores deixando assim o caminho livre para que eles fizessem mais vítimas . 




Fonte das informações : www.abc.net.au/news/2018-05-22/adelaide-archbishop-philip-wilson-guilty-concealing-child-abuse/9783612

www.desperta.net/notiacutecias/conclusoes-finais-do-relatorio-da-comissao-real-australiana-sobre-as-testemunhas-de-jeova-parte-i

Comentários

  1. Esta é que é uma ótima notícia! Os líderes das TJ's não são só os anciãos nem superintendentes mas também são o corpo governante. TODOS PRESOS! sem excepção! Pois essa gente não só abusa dos menores como pratica todo o tipo de crimes. Por isso devem ser presos. Esta notícia explodiu mesmo! Torre, prepara-te para caires mais rápido! A tua queda acelerará e tornar-se-á maior!

    ResponderExcluir
  2. Na graça e na paz meus irmãos em Cristo!
    Que maravilha de notícia irmãos! Que Deus nosso Pai Javé e seu filho Cristo Jesus ajudem para que essa seita cesse essa perversidade diabólica e imoral!

    ResponderExcluir
  3. Enquanto futuro cadáver, a torre já está dando os primeiros espasmos da própria morte!

    ResponderExcluir
  4. A torre está desmoronando a cada dia

    ResponderExcluir
  5. Nada mais justo! Quem encobre um crime tão hediondo como esse, mais do que merece ser punido.
    Cadeia neles!
    Quero só ver que malabarismo os Capangas Governantes vão fazer para vender a prisão dos TJs da Austrália como "perseguição" pro resto dos TJs ao redor do mundo.

    ResponderExcluir
  6. Eles vão inventar, que é perseguição, bando de coisas ruim.

    ResponderExcluir
  7. bando de imbecis, estão se comportando da forma como eles prenunciaram que seriam perseguidos e de certa forma está começando, exagero agora querer prender a todas as testemunhas de jeová e querer acabar com a religião porque tem gente doida que compara eles com assassinos

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Clube do Bolinha . Irmã é advertida por fechar janela de Salão do Reino

Trator colide com carro que transportava Testemunha de Jeová que acaba morrendo por recusar transfusão de sangue

Avó denuncia abuso sexual de sua neta aos nove anos de idade em congregação das Testemunhas de Jeová