Criador do Avoid JW.ORG fala sobre processo judicial movido pela organização das Testemunhas de Jeová contra seu site



Jason Wynne ,  criador do site Avoid JW.ORG decidiu sair do anonimato e assim falar para a imprensa sobre o processo judicial movido pela organização das  Testemunhas de Jeová contra ele e mais quatro cooperadores .

O site Avoid JW.ORG se transformou numa bomba para organização religiosa das Testemunhas de Jeová . Por intermédio do site , seu administrador publicou milhares de cartas e documentos relacionados as políticas administrativas das Testemunhas de Jeová . Além dos documentos o site contém para consulta livros , revistas e panfletos produzidos pela editora das Testemunhas de Jeová , conhecida como Sociedade Torre de Vigia de Bíblias e Tratados . 

O que mais incomodou a organização das Testemunhas de Jeová no site foram os documentos sobre a sua política de tratar casos de abusos sexuais de crianças . Devido a isso , em junho último , advogados que representam as Testemunhas de Jeová entraram com um processo na justiça dos Estados Unidos para que o provedor que hospeda o site Avoid JW.ORG retirasse a página da internet . 

Jason Wynne , declarou que o site Avoid JW.ORG se transformou numa bomba para a organização religiosa das Testemunhas de Jeová . 
Segundo ele , autoridades da Austrália que investigaram casos de abusos sexuais de crianças nas congregações das Testemunhas de Jeová no país , consultaram informações no site para realizarem seus trabalhos investigativos . O mesmo está fazendo no momento , as autoridades do Reino Unido , que estão investigando denúncias de abusos sexuais nas congregações das Testemunhas de Jeová .
Segundo Jason Wynne , o Supremo Tribunal de Justiça da Rússia também fez consulta no site Avoid JW.ORG , para tomar decisões que levaram o banimento das Testemunhas de Jeová no país . 






Segue abaixo a tradução do artigo publicado no último domingo no jornal irlandês Sunday  Business Post sobre o assunto . 




O homem de Galway , Jason Wynne , tornou -se Testemunha de Jeová aos dois anos de idade , quando sua mãe se converteu . 
Hoje , ele é considerado pela comunidade religiosa como um apóstata , evitado por alguns membros de sua família . Ele também está sendo processado pela sede da organização em Nova York por meio de um blog que ele fundou , que narra a políticas administrativas da seita de lidar com o abuso sexual de crianças . 

De acordo com documentos legais , que o  Sunday Business Post viu , Jason Wynne tem sido processado por danos monetários e indenização em toda a extensão da lei , por meio de um tribunal em Nova York . 

A seita das Testemunhas de Jeová é conhecida por sua interpretação estrita da Bíblia e por seu proselitismo evangélico . Sua sede , conhecida como Torre de Vigia , é baseada em Nova York .

A Torre de Vigia argumenta que o site contém a propriedade intelectual e as marcas registradas da organização religiosa , e está portando , violando seus direitos autorais , e no início desde ano foi ao Tribunal Distrital dos Estados Unidos do Distrito Sul de Nova York para solicitar o encerramento da intimação do DMCA , no site . 

A intimação foi concedida e o conselheiro legal da seita notificou Jason Wynne exigindo que ele retirasse o site da internet , apagasse os dados e assinasse uma declaração juramentada . 
" Se não recebesse os documentos assinados , a Torre de Vigia levará essa questão para o tribunal . Estamos dispostos a buscar indenizações em toda a extensão da lei , afirma a correspondência . 

" Esses danos podem incluir penalidades estatuárias e reembolso de quaisquer custos que incorremos , incluindo honorários advocatícios da Torre de Vigia . Também faremos todos os esforços para legalmente evitá-lo de novas apropriações indevidas sob a penalidade de taxas adicionais . 

Jason Wynne havia fundado o site algum tempo depois de expulso da comunidade religiosa , a qual ela chama de desassociação . Jason Wynne foi desassociado por fazer sexo fora do casamento . 

Ele esperava ser readmitido , mas logo descobriu que havia sido expulso por meio de políticas secretas que a organização não divulga para seus membros comuns . 

" Descobri que eles estavam usando políticas secretas contra seus membros por meio de uma corte judicial interna , sob o disfarce de assuntos espirituais " , disse ele .

" Se algum membro ou ex-membro tentou fazer alguma coisa no tribunal interno , eles dizem que era um assunto espiritual , impedindo-os de apelar contra qualquer punição que tivesse sido aplicada . 

Jason Wynne , criou o site como um local para hospedar documentos que estabelecessem essas políticas secretas de modo que ele pudesse ajudar outros membros que , de forma semelhante , se sentissem desassociados e evitados . Ele logo foi inundado com o material . 

" Outras Testemunhas de Jeová ativas viram o que eu estava fazendo e disseram : Ah , você tem cartas antigas lá , eis a última versão ' . Mais e mais pessoas enviaram mais documentos políticos que eles tinham escaneado , disse ele . O site foi a primeira vez que as pessoas puderam chegar a uma única fonte para obter tudo " .

Muito rapidamente , o site começou a hospedar muitos documentos relacionados as políticas de abusos sexuais de crianças . A seita tem sido acusada de ter ocultado das autoridades inúmeros casos de abusos sexuais contra crianças em diversos países , como tem sido noticiado pelo The Sunday Business Post nos últimos meses . A seita foi e está sendo investigada  por autoridades da Grã-Bretanha e da Austrália  e está sendo processada em diversos tribunais do Estados Unidos por abusos sexuais de menores em suas congregações . O site tem sido fundamental para ajudar algumas dessas investigações , disse Jason Wynne . 

" Avoid JW.ORG e seus cooperadores forneceram dados para a Comissão Real Australiana , a Comissão de Caridade do Reino Unido , o Ministério da Justiça da Rússia ( um dos documentos que fornecemos é uma das principais razões pelos quais eles agora estão banidos ) , advogados em vários casos no Reino Unido , Estados Unidos e Canadá , para jornalistas na Espanha , Estados Unidos , Holanda e Reino Unido " , disse ele . 

No entanto Jason Wynne , disse ao The Sunday Bussiness Post que há muito tempo ele não está tendo qualquer envolvimento com o site , que agora está sendo administrado por outras
 pessoas .  

" É um site tão grande que eu não seria capaz de executá´lo por conta própria . Então basicamente , decidir sair da administração do site ", disse ele . 

Jason Wynne disse que todas as pessoas que agora administram o site são de atuais Testemunhas de Jeová . 
Ele ainda está preocupado com a ameaça das Testemunhas de Jeová , mas declarou que não poderia tomar nenhuma decisão sobre um site que não está mais envolvido . 







Fonte das informações :https://www.businesspost.ie/news/jehovahs-witnesses-granted-subpoena-irish-blogger-412638

Comentários

  1. O tempo é a melhor resposta!
    E ele está se mostrando cruel para com os falsos profetas!

    ResponderExcluir
  2. E se as outras religiões começarem a processar a torre de vigia , pelas intolerâncias e serem chamadas de falsas pelas publicações da torre. Força nessa luta Avoide JW.org, que mal há em mostras a verdade sobre a torre de vigia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Acredito nessa vertente Amado Anônimo! A torre se julga no direito de fazer o que quiser mas quando o cano do revólver dela se volta contra ela então vira um crime!

      Excluir
  3. É a meretriz sentindo o desconforto de estar nua aos olhos de toda sociedade. Torre de Vigia, isso é só o começo. Você está lidando com a Hydra. Corte uma cabeça, e nascerão outras duas no lugar dela.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cristão Legendário !! Depois de décadas, finalmente estou me convencendo que a torre de vigia é a babilônia a grande, e não as outras religiões que são apontadas como babilônia pelas publicações da torre de vigia.

      Excluir
  4. Por isso louvo ao Pai pois ele está abrindo os olhos dos cegos!

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

Testemunhas de Jeová exibem filme sobre ressurreição em cemitério localizado em São Paulo

Betel do México procura profissionais da área da saúde entre Testemunhas de Jeová para servir voluntariamente em seus interesses

Reunião Anual do Corpo Governante em 2018 identifica a Rússia como sendo o rei do norte