Cabeleireiro que fez sexo com adolescente Testemunha De Jeová é condenado a sete anos de prisão

Um cabeleiro da cidade de Gênova na Itália foi condenado a cumprir sete anos de prisão e indenizar no total de 45 mil Euros os pais de adolescente  identificado como Testemunha De Jeová .

Entre os anos de 2013 e 2014 o cabeleireiro manteve relações sexuais por diversas vezes com o adolescente que na época tinha 13 anos de idade . 

O cabeleireiro conheceu o adolescente numa festa e ambos ficaram amigos .
Dessa amizade o cabeleireiro , passou a fazer cortes no cabelo do adolescente .
Em certa ocasião o cabeleiro convidou o adolescente para ir até seu apartamento .
Em seu apartamento o cabeleiro despiu o adolescente e manteve relações sexuais com ele .
Segundo a justiça no apartamento o cabeleiro manteve relações sexuais com o adolescente por três vezes .
Não ficou confirmado que ambos mantearam relações sexuais no salão de beleza aonde o acusado trabalhava . 

A relação com cabeleiro trouxe sérios problemas psicológicos para o adolescente .
Seu rendimento na escola caiu e em certa ocasião o adolescente tentou cometer suicídio .

Num estudo da Bíblia , o adolescente decidiu contar para seu instrutor sobre as relações sexuais com o cabeleiro .
Após isso o caso passou a ser de conhecimento de seus pais que decidiram denunciar o acusado a justiça .

Fonte das informações :www.ilsecoloxix.it/p/la_spezia/2017/10/11/ASg6rUxJ-pedofilo_parrucchiere_suicidio.shtml

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Servo ministerial abandona Testemunhas de Jeová após descobrir que é mentirosa a informação que Jerusalém foi destruída em 607 AEC

Não vamos nos calar!

Enquanto não assume Salão do Reino das Testemunhas de Jeová, Igreja Batista realiza seus cultos em pizzaria nos Estados Unidos